Confiança

Confiança…

Para uns, uma simples palavra,  para outros, a base de qualquer relacionamento, não só entre homem e mulher, mas principalmente entre pais e filhos.

O relacionamento entre pais e filhos em sua grande maioria, é tido como uma pauta muito difícil de ser abordada, pelo fato de envolver dois lados completamente conflituosos…afinal, quem nunca teve uma briga com os pais?

E muitas vezes durante essas brigas, palavras ríspidas e dolorosas são ditas por ambos os lados, causando um clima cada vez mais desconfortável e consequentemente atrapalhando a convivência dentro de casa. Sem contar o arrependimento que bate depois, e traz com ele, consequências, muitas vezes irreparáveis…

Por experiência própria, ouvir do seu pai ou mãe que perdeu a confiança em você é muito duro, rola uma auto-decepção (nem sei se essa expressão existe).

Aquele papo de que os pais sempre descobrem o que a gente faz, é verdade…não sei como, mas eles descobrem, parece q nascemos com um GPS integrado e  ligado 24 horas a algum sistema linkado à mente dos nossos pais.

Durante a adolescência, que é aquela fase, considerada como a mais crítica pelos pais, nós, filhos, somos testados de diversas formas, no que diz respeito à confiança. Esses testes podem levar à mentira e a mentira, à desconfiança.

E a sucessão de mentiras, acaba gerando a perda total de confiança dos pais para com seus filhos, e isso desestabiliza qualquer relação familiar.

Deus não nos deu o dom da vida e da palavra, para que saiamos por aí “cuspindo” mentiras, como se fosse a coisa mais natural do mundo.  As vezes o que parece ser uma mentirinha de nada, pode ferir pessoas especiais e que nos amam, resultando na falta de confiança e desgaste de qualquer relacionamento tanto paternal/maternal, quanto conjugal.

Portanto antes de falar ou fazer qualquer coisa que seja, pense sempre no seu próximo, naquele que o ama e o quer bem. Não vale arriscar o seu relacionamento com alguém por um ato impensado, que pode refletir mais a frente na perda de algo muito valioso…a CONFIANÇA.

Confie sempre em si mesmo e em Deus, pois Ele te mostrará o certo e o errado, o que vai te render bons frutos no futuro no que diz respeito à sua convivência com outras pessoas.

Fernanda Gonçalves

(http://jovenscatolicos.com/antenados-na-palavra/confianca)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s